13 de out de 2010

Interlúdio

Nos próximos dias, não devo conseguir escrever nada por aqui. Nesse breve interlúdio, deixo, traduzido em vídeo, o poema "Dance, monkeys, dance!", do americano Ernest Cline

Em tempos de intolerância religiosa, política e social, vale muito pensar uns bons minutos nele. 

Abraços!

Nenhum comentário: